Cabanas infantis

Decoração com cabanas

Confira nesta dica do Portal WebReforma a tendência que transforma o quarto infantil num espaço bonito e cheio de criatividade

 

Sabe aquelas cabaninhas ou ocas de índios? Que criança nunca brincou de montar uma dessas em casa? Elas são lindas e estão super na moda e muitos pais já incluem na decoração do quartinho dos pequenos. Tendência no universo decorativo, as tendas de design elevam a brincadeira infantil e transformam os espaços.

 

 

Origem

As cabaninhas começaram a aparecer na decoração em especial com a popularização do método Montessori. Criado pela médica e educadora Maria Montessori, sugere que o ambiente infantil, no caso o quarto, também contribua com a criatividade e o aprendizado dos pequenos. A partir disso, põem-se em prática recursos adequados para ajudá-los a desenvolver suas características e habilidades ao máximo. Com esse propósito, são usados na ornamentação, principalmente, móveis baixos para as crianças alcançarem facilmente, sem ajuda dos adultos, e se sentirem mais independentes. E as tendas se encaixam nesse método, sendo um refúgio estiloso para brincar, descansar e aprender, na altura mais acessível possível aos baixinhos: o chão.

 

   

 

Objeto de desejo

Atualmente, elas se tornaram um “must-have” também em ambientes não montessorianos. Diversas lojas e designers do mundo inteiro embarcaram nesta moda, criando modelos diferenciados para todos os gostos. As peças podem ter formato de casinha, tenda de índio ou serem presas no teto, com estampas e tecidos exclusivos. Nenhum ambiente da casa fica de fora: elas são usadas no quarto, na brinquedoteca e até mesmo na sala de estar. Sem contar, que são perfeitas para as festas de pijamas da garotada!

 

   

 

A Julieta4Fun, empresa cadastrada no Portal WebReforma, disponibiliza lindas opções para compor qualquer ambiente para os pequenos. E tem mais! A parceria com o nosso Portal oferece 5% de desconto em todo site com cupom WebReforma. Digite o código WEBREF5%OFF no endereço http://www.julietaforfun.com.br e aproveite esta promoção.

 

   

   

 

Gostou e quer uma linda decoração? Acesse www.webreforma.com.br e encontre, além da loja Julieta4Fun, muitos profissionais qualificados e fornecedores de materiais de construção.

 

Fotos: Julieta for Fun

Um monte de filhos? Veja aqui alguns exemplos e dicas de quartos compartilhados

Um dos maiores dilemas em casas e apartamentos pequenos é o quarto dos filhos. Não é fácil achar espaço para camas, cômoda, brinquedos, mesinha de estudo, TV, dentre outros itens, ainda mais quando são três.

 

Quando se tem um filho é tranquilo morar em apartamento ou casa com dois quartos. Se vem mais um ainda é possível arrumar o espaço para os dois conviverem juntos no mesmo ambiente. E quando são três irmãos, o que fazer? Organizar um quarto para esse número de filhos não é tarefa fácil, com os apartamentos ficando cada vez menores (e cada vez mais caros) é preciso criatividade e muito reaproveitamento de espaço! Confira nesta dica do Portal WebReforma algumas inspirações para montar um ambiente bonito, moderno e confortável.

 

 

Se você mora em uma casa pequena e tem três filhos que deseja acomodar no mesmo quarto, uma solução é utilizar o treliche. Muitas pessoas preferem utilizar uma cama comum e uma bicama no mesmo quarto, mas o treliche ocupa menos espaço, permitindo colocar outros móveis no quarto. Há diversas opções coloridas ou tradicionais. Há até opções de treliche com espaço para o computador. Esses, economizam ainda mais espaço e deixam o quarto mais moderno.

 

 

Colocar três crianças dentro de um quarto parece desconfortável para as crianças e pais, mas é eficiente quando necessário. Enquanto algumas delas morrem para ter seu próprio espaço, outras se adaptam facilmente a dividir o quarto com seus irmãos. Criar espaço para três filhos em um quarto, temporariamente ou não, requer algumas considerações especiais por parte dos pais.

Vamos a algumas recomendações!

Conceda o maior quarto da casa às crianças. Três filhos merecem mais espaço que duas pessoas, independentemente do tamanho ou idade, não é mesmo?! Além disso, adultos passam pouco tempo no quarto, mas crianças passam boa parte do dia lá dentro, brincando, lendo e dormindo.

 

 

Crie para cada filho seu espaço particular no quarto. Para quartos bem grandes, repartições são excelentes opções, com uso de cortinas ou biombos para que cada criança tenha seu espaço para se trocar, arrumar pra escola ou guardar itens pessoais. Permita que cada uma decore seu espaço no quarto para evitar que ela se sinta presa ao estilo das outras.

 

   

 

Ofereça a opção de cada um adicionar itens pessoais ao quarto, fazendo com que ela mantenha um sentido de individualidade ao invés de conformidade com a demais. Divida o espaço no armário igualmente para cada filho, isso evita brigas e permite que mantenham seus itens pessoais organizados e separados dos demais. Faça uso de baús, prateleiras e armários ao redor do quarto para dar mais espaço extra para as crianças guardarem suas coisas.

 

   

 

Precisa de profissionais para montar o quarto das crianças? Acesse o Portal WebReforma e encontre marceneiros, arquitetos, móveis planejados, designers de interiores e muito mais.

 

Fotos: Reprodução

 

A Styllo Designer Marcenaria e Laqueação atende em todo território nacional!! Acesse o link abaixo e peça seu orçamento.

 

Quarto Montessoriano: Espaço para dormir, brincar e aprender

Confira nesta dica do Portal WebReforma como montar um ambiente perfeito dentro deste conceito que é mais do que uma decoração diferente pois traz elementos específicos para promover o desenvolvimento, a liberdade e a autonomia dos pequenos.

 

Você já ouviu falar sobre o conceito Montessori? Ele foi criado por Maria Montessori, uma médica e educadora italiana no século XX, e nunca esteve tão atual. A proposta desse método é estimular a criatividade e a autonomia das crianças, para que se expressem e aprendam por meio da liberdade. Segundo a linha, os ambientes devem ser adaptados para os pequenos da maneira como eles enxergam o mundo – e tudo isso pode ser também aplicado na hora de montar o quartinho deles.

 

 

A proposta é fazer um quarto pensando no bebê e não nos adultos da casa. A criança tem que ficar livre, mas em um ambiente seguro. Ao invés de camas altas, colchões no chão oferecem maior autonomia para as crianças – que podem deitar e levantar quando quiserem.

 

 

Os brinquedos devem ficar sempre à mão, em uma altura que a criança consiga pegar com facilidade. Em relação aos armários no ambiente montessoriano, tudo é muito organizado, então pode-se usar poucas coisas para organizar o quarto e deixar mais espaço para os pequenos curtirem livremente. Aliás, o quarto precisa de um espaço livre para que possa brincar a aprender.

 

   

 

Outra sugestão é colocar um espelho, bem fixo na parede, baixo, para que a criança possa se ver. O espelho é um elemento importante para reconhecimento facial, dos movimentos. É descobrimento puro para a criança. A dica é não ficar perto da cama, para que a criança não se estimulena hora de dormir. Além de tudo isso, barras na parede, para que ela possa começar a andar sozinha, sem ajuda dos pais.

 

   

 

A ideia principal é que os filhos explorem seu dormitório, para que cresçam livres e autoconfiantes. Além da criatividade, o quarto sai mais barato! Como tudo é minimalista, os objetos não são caros, em geral, com simples prateleiras e opções de brinquedos artesanais. Um encanto para os bebês!

 

      

      

Fotos: Reprodução

 

Gostou? Para te ajudar a criar este ambiente na sua casa, o Portal WebReforma reune profissionais e empresas qualificados. São marceneiros, arquitetos, designers de interiores, personal organizers, entre outros.

Chapisco: fácil, prático e bem decorativo

Parede chapiscada: decorativa e prática.

Existem diversos recursos na construção civil que oferecem segurança e praticidade na hora de construir ou reformar. O chapisco é um dos procedimentos bastante comuns utilizados em muros ou paredes de uma casa, para dar sustentação ao reboco. O efeito também é muito usado para dar destaque em uma determinada superfície, principalmente em jardins, paredes externas ou fachadas.

O chapisco é um tipo de argamassa de aderência. É uma camada de massa preparada com cimento e areia, aplicada para dar aspereza em superfícies formadas por materiais muito lisos e com pouca porosidade, como vigas e pilares de concreto, paredes de tijolos laminados e prensados. Uma vez que as superfícies estejam chapiscadas, estas se tornam ásperas, e adquirem condições de receberem outras argamassas ou, se preferir, permanecer com a aparência tradicional de concreto.


O chapisco é fácil e simples de aplicar

Com espessura entre 3 mm e 5 mm, o chapisco cobre a superfície com uma camada de argamassa fina, que torna a base áspera e aderente. Por ser uma massa de cimento e se bem aplicado, poderá ainda ajudar a garantir que não haja infiltrações na superfície aplicada. Porém, para essa finalidade, outros produtos podem ser utilizados de forma complementar.

    
O efeito é muito usado para dar destaque em uma determinada superfície, principalmente em jardins, paredes externas ou fachadas
Que tal dar um novo efeito decorativo e fazer uma pequena reforma em um canto da casa? O acabamento final do efeito chapiscado fica muito bonito com aplicação de tinta de sua preferência. Se for aplicar este tipo de revestimento em ambientes internos, dê preferência à textura lisa para que a rugosidade obtida seja agradável ao toque.

Essa foi uma dica do portal WebReforma para facilitar sua obra ou reforma e deixar sua casa ainda mais bonita.

Acesse nosso portal e encontre empresas e profissionais de Construção, Reformas, Manutenção e serviços e muito mais.

FOTOS: Reprodução

Quando o gesso se torna uma obra de arte

Leve, de fácil reparo e funcional, o produto é ideal para quem busca praticidade e beleza na hora de construir ou reformar

 

Para quem busca praticidade e beleza na hora de fazer o acabamento, montar divisórias ou abrigar a iluminação, o gesso é o material perfeito.

 

 

Versátil, produz resultados surpreendentes em salas de jantar ou estar, quartos e banheiros/lavabos. As aplicações mais comuns na construção são em molduras, painéis decorativos, forros – com ou sem cortineiros -, sancas e divisórias. Atualmente são encontrados em diversos formatos e modelos, podendo se adequar em projetos personalizados.

 

      

 

O gesso é um aglomerante produzido a partir do minério gipsita, composto basicamente de sulfato de cálcio di-hidratado. É muito utilizado por sua fácil aderência, resistência e maleabilidade. E as suas vantagens vão além disso. O material possui ainda características como isolamento térmico e acústico.

 

      

 

Existem vários tipos de gesso. O chamado de revestimento tem fixação mais lenta, 40 minutos, o que permite maior manuseio. É ideal para revestir, rebocar e dar acabamento às paredes. O gesso projeção tem a mesma função, no entanto é aplicado com ajuda de máquina e tem tempo de secagem de uma hora e meia. Já o gesso fundição tem secagem de cinco minutos e é utilizado na fabricação de blocos, placas, sancas. Há também o acartonado, ou drywall, utilizado em divisórias e forros.

 

   

 

O modelo mais utilizado na decoração de interiores são os forros retos com acabamento tabicado, onde pode embutir luminárias e spots deiluminação. Um cuidado que se deve tomar na hora de instalar a sanca é ver se o ambiente é compatível com a utilização de forros, pois como ela possui uma espessura mínima acaba afetando no pé direito no espaço. Nesses casos, vale a pena destacar apenas uma parte do ambiente, como uma mesa de jantar ou bancada, e não revestir ele por inteiro no espaço.

 

   

 

Como limitações, o gesso não costuma ser aplicado em áreas externas e não possui muita resistência quanto a temperaturas úmidas, por isso seu uso é maior em ambientes internos. No momento da instalação, exige cuidados como pontos de fixação, redes elétricas e pontos de luminária.

 

O produto sempre deve ser instalado por um profissional ou empresa especializada. A qualidade do gesso não está somente em sua composição, o serviço de aplicação do material é determinante para a certificação do bom resultado. Além disso, procure contratar um profissional qualificado de pintura, para que o gesso tenha um acabamento aprimorado.

 


Fotos: Reprodução

 

Essa foi mais uma dica do Portal WebReforma para quem busca praticidade e modernidade na hora de construir ou reformar.

 

Acesse nosso portal e encontre profissionais e serviços recomendados. São gesseiros, pedreiros, pintores, arquitetos, designers de interiores, entre outros.

 

O poder dos blocos de vidro

Tijolos ou blocos de vidro são produtos decorativos que podem ser usados na decoração de ambientes e até mesmo em fachadas e varandas, dando um ar sofisticado e sustentando a sua construção

 

Os famosos tijolinhos de vidro vêm sendo usados na decoração há bastante tempo. Conhecidos também como bloco de vidro, trazem iluminaçãonatural para dentro de casa, deixando os ambientes mais agradáveis e aconchegantes.

 

 

Ele pode ser encontrado em diversos tamanhos e espessuras, com acabamentos translúcidos ou transparentes, lisos ou ondulados. Existem no mercado diversas variações de tonalidades dos tijolinhos. Com certeza, este tipo de material de construção agrega beleza e sofisticação, além de ser super acessível e de fácil instalação.

 

 

Que eles são bonitos, ninguém pode negar. Mas você sabia que estas peças são funcionais?  Os blocos de vidro auxiliam na luminosidade natural do ambiente, viabilizando a entrada de luz nos cômodos que eles integram. Como se não bastasse, eles são simples de limpar e não demandam manutenção. Outro detalhe importante é que estes blocos ajudam no isolamento acústico.

 

 

Os blocos de vidro podem ser usados em qualquer ambiente. No banheiro, o ideal é escolher os transparentes, com textura menos elaborada. Outra dica é usar os tijolos de vidro em uma das paredes do box ou até mesmo em todas elas. Uma “falsa janela” do lado da banheira também fica linda e harmoniosa na decoração. Vale enfatizar que a transparência aqui não é um problema, uma vez que os tijolos de vidro mantêm a privacidade do espaço. Já na decoração das salas, os tijolos de vidro podem incrementar a parede ao fundo do sofá ou até mesmo dar um toque diferente às escadas. Além de decorar interiores, os tijolos de vidro são muito bem-vindos em fachadas e varandas.

 

      

      

Nesta dica do Portal WebReforma conferimos que os tijolos de vidro fornecem luminosidade e charme aos ambientes. Versáteis, podem compor bem qualquer espaço da casa, desde que observados as regras de proporção e equilíbrio e o estilo do restante da decoração.

 

 

   

Fotos: Reprodução

 

Quer aplicar essa peça decorativa em algum cômodo do lar? Então acesse nosso Portal e encontre profissionais e empresas qualificados para isso. São pedreiros, arquitetos, casas de material de construção, blocos e tijolos, entre outros.

 

A Páscoa está chegando, vamos decorar a casa?

Páscoa Decorada: Com a data comemorativa chegando, o Portal WebReforma apresenta ideias criativas e originais que podem facilmente ser incorporadas na casa

 

Coelhinho da Páscoa o que trazes para mim… Um ovo, dois ovos, três ovos assim… Este feriado especial está chegando e uma decoração festiva modifica e alegra qualquer ambiente. Está em dúvida do que fazer para decorar sua casa na Páscoa? Levar o espírito desse feriado ao lar ajuda a todos, principalmente as crianças, a se envolverem com o significado dele, além de se divertirem com o tema e seus símbolos. Por isso, o Portal WebReforma selecionou algumas dicas para uma decoração especial nesta data comemorativa.

 

 

Os coelhinhos – independentemente do seu tamanho ou textura – emprestam um toque de encantamento a qualquer decoração de Páscoa. Além deles, os próprios chocolates, retirados das suas embalagens ou não, são um ponto de partida simples e bonito para criar qualquer decoração temática. Guirlandas ornamentadas ou bandeirinhas com o tema, suspensas em uma porta ou expostas numa parede, são elementos decorativos que podem ser facilmente aplicados na decoração pascal.

 

      

 

Quer deixar a mesa mais colorida, potes transparentes ou de vidro com ovinhos ou guloseimas podem enfeitar e ainda podem serem oferecidos como lembrancinha aos convidados. Mas nenhuma mesa de Páscoa estará completa sem guardanapos em formato de coelho: uma decoração que não só fica bonita, como vai ser muito útil!

 

      

 

Cultura e simbolismo

Na tradição cultural ucraniana, são oferecidos Pêssankas na Páscoa. O ovo é decorado com vários signos e cores e que assim serve como um talismã; um amuleto contra infortúnios. O termo deriva da palavra ucraniana Pessati, que significa escrever, portanto, pode ser traduzido como “uma forma de escrita”. A pêssanka possui valor sentimental de troca entre amigos, além de proteger contra o mal. Pelo feitio tradicional, as pêssankas são confeccionadas em ovos de aves (galinha ou pato) tanto cheios quanto vazios, mas também são produzidas em madeira. Já suas formas e cores estão relacionados a símbolos convencionados simplesmente por uma tradição cultural nas comunidades ucranianas – trazida de sua terra natal – passada de geração para geração. Quem escolher por elas para decorar, além de trazer a riqueza dessa cultura, vai deixar a casa ainda mais bonita na Páscoa.

 

      
Fotos: Reprodução

 

Gostou? Essa foi uma dica do Portal WebReforma para deixar sua casa mais bonita na Páscoa.

Vai construir ou reformar? Encontre serviços e produtos no Portal WebReforma. São presentes para o lar, designers de interiores, personal organizers, entre outros.

Jardim em casa

No meio da rotina corrida do dia a dia, uma parada para descansar no jardim de casa pode ser uma boa pedida. Confira nesta dica do Portal WebReforma como montar um belo espaço verde em sua residência

 

Quem tem o privilégio de ter um jardim em casa, sabe o quanto é gostoso relaxar em contato com as plantas e flores, ou sentar num local bem agradável para ler, receber os amigos e a família. Muitas pessoas tem o desejo de possuir uma área verde na sua residência, por isso os jardins pequenos vêm ganhando espaço na área de decoração e paisagismo. Mas o que muita gente não sabe é que para fazer um jardim bonito não é preciso gastar muito, basta apenas um vaso diferente, uma planta mais viçosa ou flores exuberantes para se conseguir criar o espaço.

O primeiro passo na hora de iniciar a construção de um jardim residencial é definir o que você irá utilizar para montá-lo. Organização e planejamento nessa hora é fundamental.  É recomendável não misturar muitos tipos de flores e folhagens para não estragar a sensação de equilíbrio do ambiente. Se tratando de um jardim bem colorido, devemos tomar cuidado para não ficar bagunçado, portanto procure usar algo predominante, como pedras decorativas ou um belo gramado verde. Outro item importante é ver o tamanho das plantas para que se adequem ao espaço.

 

 

Para os móveis de jardim, utilize poucos acessórios e com linhas simples. Lembre-se sempre de que o conforto é primordial. Prefira mobílias confortáveis e amplas, inclusive com almofadas nas cadeiras. Uma boa pedida é optar por mesinhas, bancos, cadeiras e poltronas práticas, que podem ser facilmente movidas. Um par de poltronas, uma mesa pequena, banco com almofadas ou até aqueles colchões tipo futton são suficientes.

   

      

 

Utilize vasos para decorar o local. Para quem mora em apartamento é a maneira mais prática de conservar um jardim. Além disso tudo, é perfeitamente possível trazer para o jardim aqueles objetos de decoração que normalmente ficam dentro de casa, como molduras de quadros, gaiolas e espelhos decorativos.

 

   

   

 

Já para quem tem pouco espaço, uma solução bonita e inteligente são os jardins verticais, repleto de plantas pendentes. Sabe aquela varanda pequena que tem a maior cara de quintal? Sim, ela pode se transformar em um belo jardim. Aposte em samambaias, rendas-portuguesas, columéias (peixinhos) tostões (dinheiro-em-penca), que são simples de cuidar e sempre surpreendem.

Vale destacar que o ideal sempre é contratar um paisagista, que irá elaborar e executar um projeto levando em conta as melhores plantas e a forma mais adequada.

 

   

      

Fotos: Reprodução

Gostou da dica? Então acesse o Portal WebReforma e encontre profissionais recomendados. São paisagistas, empresas de jardinagem, pergolados e decks, marceneiros entre outros.

Uma nova cozinha

Confira nove dicas que vão ajudar a reformar sua cozinha sem gastar muito!

 

A cozinha é o coração da casa, o lugar em que todo mundo gosta de ficar e bater um papo, para fazer as refeições ou tomar um cafezinho. Se a sua cozinha anda precisando de algumas mudanças, mas o orçamento não permite exageros, confira algumas dicas de como economizar na reforma deste ambiente:

 

1 – Capriche na pintura: Às vezes, simplesmente trocar a cor de uma parede já muda totalmente o aspecto da cozinha. Você pode destacar uma parede usando uma cor vibrante, pintar com tinta lousa ou ainda investir em um papel de parede para este ambiente. Se você escolher essa última opção, atenção na hora de instalá-lo. Pode compensar mais contratar um profissional especializado do que tentar fazer o trabalho sozinho e estragar o material. O contrário também é válido: se você tem uma parede revestida com papel de parede e deseja mudar, tire-o e invista na pintura desse local.

 

   

 

2 – Revista as paredes: revestimentos diferenciados são uma forma linda e inteligente de chamar a atenção para pequenos detalhes arquitetônicos ou para impressionar pela originalidade e sofisticação. O mercado está cheio de novos modelos fabricados em materiais inovadores, como metal e aço, ou até mesmo com pequenos desenhos decorativos e cores inusitadas. Escolha algo que combine com seu estilo!

 

 

3 – Ladrilhos ou pastilhas: Outra opção para revestir as paredes da cozinha é utilizar ladrilhos ou pastilhas. Mas, apesar desses revestimentos serem lindos e práticos, não costumam ser muito baratos. A alternativa então é cobrir só a parede da pia, geralmente a que fica molhada, ou fazer alguns detalhes da decoração da cozinha com pastilhas. Dessa forma, a cozinha fica linda e você ainda economiza na reforma.

 

     

 

4 – Móveis novos: Se você já cansou dos seus móveis de cozinha, uma boa opção é reformá-los ou pintar as portas de outra cor. A reforma da porta dos armários pode ser muito mais barato do que encomendar móveis de cozinha completamente novos, principalmente se os que você já têm são modulares e sob medida.

 

   

 

5 – Acessórios renovados: se você gosta dos móveis, mas acha que está faltando um toque especial, que tal trocar os puxadores dos armários? Além deles, podem ser substituídos torneiras e misturadores. Essas são opções de mudança bem rápida e barata, que vão dar um visual muito especial a sua cozinha.

 

      

 

6 – Mesas e cadeiras: outros móveis que podem ser reformados ou substituídos são a mesa e as cadeiras. Você pode adquirir um tampo novo, mudando totalmente o visual da peça, ou quem sabe pintar os pés da mesa de outra cor. Outra sugestão interessante é usar uma cadeira de cada cor ou de diferentes modelos. Você pode adquiri-las em lojas de móveis usados. O estilo vintage está em alta!

 

   

 

7 – Iluminação: muitas vezes esquecemos ou deixamos de lado a iluminação diferenciada na cozinha, mas cada vez mais vemos referências bacanas de como esse pequeno detalhe faz toda a diferença! Grandes luminárias podem ajudar a criar uma sensação de delimitação de espaço e ajudar a estabelecer um clima mais aconchegante e relaxante no local. Peças grandes com bastante estilo ou até mesmo pequenas luminárias utilizadas como um conjunto, podem ser uma aposta muito legal e lucrativa na sua reforma.

 

      

 

8 – Renovar o piso: não dá para negar que mexer no piso costuma dar trabalho, até porque, as tarefas de remover as peças, preparar o chão, assentar um novo piso e rejuntar são complexas. Se você não quer passar por essas etapas, dá para pintar o piso ou investir em tapetes adequados para ambientes úmidos. Caso você não goste de tapetes na cozinha, é possível apostar em porcelanatos extrafinos, com 8 milímetros de espessura.  Esse tipo de material pode ser colado com argamassa diretamente sobre o piso anterior. Ainda assim, recomenda-se o trabalho de um profissional especializado.

 

   

 

9 – Utensílios de cozinha na parede e no teto: e se os seus utensílios de cozinha virassem objetos de decoração? Essa proposta está fazendo muito sucesso nas decorações modernas e, hoje já é comum ver escorredores e raladores fazendo as vezes de luminárias, colheres enfeitando as paredes, garrafas cumprindo o papel de vasos e assim por diante. É bem original, além de ser uma ideia ecologicamente correta!

 

      

Fotos: Reprodução

Essa foi uma dica do Portal WebReforma para reformar sua cozinha de forma prática, barata e criativa.

Quer reformar e não encontra profissionais recomendados? Acesse nosso Portal e contrate serviços de qualidade. São pintores, marceneiros, azulejistas, empresas de adesivos e papel de parede, maridos de aluguel, arquitetos, engenheiros, designers de interiores, entre outros.