O poder dos blocos de vidro

Tijolos ou blocos de vidro são produtos decorativos que podem ser usados na decoração de ambientes e até mesmo em fachadas e varandas, dando um ar sofisticado e sustentando a sua construção

 

Os famosos tijolinhos de vidro vêm sendo usados na decoração há bastante tempo. Conhecidos também como bloco de vidro, trazem iluminaçãonatural para dentro de casa, deixando os ambientes mais agradáveis e aconchegantes.

 

 

Ele pode ser encontrado em diversos tamanhos e espessuras, com acabamentos translúcidos ou transparentes, lisos ou ondulados. Existem no mercado diversas variações de tonalidades dos tijolinhos. Com certeza, este tipo de material de construção agrega beleza e sofisticação, além de ser super acessível e de fácil instalação.

 

 

Que eles são bonitos, ninguém pode negar. Mas você sabia que estas peças são funcionais?  Os blocos de vidro auxiliam na luminosidade natural do ambiente, viabilizando a entrada de luz nos cômodos que eles integram. Como se não bastasse, eles são simples de limpar e não demandam manutenção. Outro detalhe importante é que estes blocos ajudam no isolamento acústico.

 

 

Os blocos de vidro podem ser usados em qualquer ambiente. No banheiro, o ideal é escolher os transparentes, com textura menos elaborada. Outra dica é usar os tijolos de vidro em uma das paredes do box ou até mesmo em todas elas. Uma “falsa janela” do lado da banheira também fica linda e harmoniosa na decoração. Vale enfatizar que a transparência aqui não é um problema, uma vez que os tijolos de vidro mantêm a privacidade do espaço. Já na decoração das salas, os tijolos de vidro podem incrementar a parede ao fundo do sofá ou até mesmo dar um toque diferente às escadas. Além de decorar interiores, os tijolos de vidro são muito bem-vindos em fachadas e varandas.

 

      

      

Nesta dica do Portal WebReforma conferimos que os tijolos de vidro fornecem luminosidade e charme aos ambientes. Versáteis, podem compor bem qualquer espaço da casa, desde que observados as regras de proporção e equilíbrio e o estilo do restante da decoração.

 

 

   

Fotos: Reprodução

 

Quer aplicar essa peça decorativa em algum cômodo do lar? Então acesse nosso Portal e encontre profissionais e empresas qualificados para isso. São pedreiros, arquitetos, casas de material de construção, blocos e tijolos, entre outros.

 

Nova tendência, muros de vidros

Fachada à mostra: Seguro e contemporâneo, o muro de vidro vem conquistando espaço em projetos arquitetônicos

 

Nada de muro de alvenaria cercando o terreno, grades altas e janelas por todo lado, escondendo tudo. Para quem gosta de arquitetura moderna, a proposta é deixar quase tudo à mostra, da fachada ao jardim, graças aos vidros, que tem ganhado espaço nas construções atuais.

 

 

Para quem está construindo ou pensando em dar início a uma obra, essa é uma ótima sugestão para dar mais visibilidade e iluminação aos imóveis. Como ainda é uma novidade no mercado, muitas pessoas ficam em dúvida em adquiri-los. Mas engana-se quem pensa que os muros de vidros são frágeis ou tem apelo meramente estético. Especialistas garantem que o vidro é material resistente e quando quebrado emitem um som parecido com uma batida de carro, podendo ser ouvido a uma longa distância. Além disso, o recurso dificulta sua escalada! Existem ainda tecnologias que tornam o muro de vidro uma solução ainda mais interessante para as casas, como é o caso do controle solar e acústico. Se o morador vive em um local muito violento, ele pode apostar na função antivandalismo, capaz de prevenir disparos de armas.

 

 

A única regra, se tratando da utilização de vidros em ambientes corporativos ou residenciais, é que o material seja próprio para o fim a que vai ser destinado, ou seja, não pode ser “comum”. Os muros de vidro devem ser desenvolvidos com vidros laminados, com quatro ou cinco milímetros de espessura, que oferecem juntamente com a estética, segurança e resistência. Também pode ser construído com vidro temperado, que tem de oito a dez milímetros de espessura. Eles normalmente são encontrados nas versões incolor, verde e fumê. Quem deseja um efeito ainda mais diferenciado pode optar por vidros estampados ou serigrafados.

 

   

 

Para que o resultado do muro de vidro para casa fique bonito, é fundamental construí-lo com materiais arrojados e modernos. Há muitos modelos no mercado. O preço costuma ser superior ao do tradicional muro de alvenaria ou das grades. Uma peça com 5m de largura por 2,20m de altura, por exemplo, custa em média R$ 4,6 mil.

O Portal WebReforma recomenda, sempre na hora de fazer construções e reformas, pesquisar produtos e serviços de qualidade e garantia total.

 

   

Fotos: Reprodução

Gostou? Essa foi mais uma dica do Portal WebReforma para deixar sua casa mais moderna e segura.

Acesse nosso Portal e encontre profissionais e serviços especializados. São especialistas em envidraçamento, esquadrias, arquitetos, paisagistas, engenheiros entre outros.

As cores do ano na opinião de um dos maiores especialistas

Pela primeira vez, dois tons – Serenity e Rose Quartz – são escolhidos como a Cor do Ano Pantone

 

Pela primeira vez, a Pantone, autoridade mundial das cores e o provedor de padrões de cores profissionais para as indústrias de design, comunicou que a cor do ano não será uma só. Em 2016, além do Rose Quartz (Pantone 13-1520), também será a vez do azulado Serenity (Pantone 15-3919). Que tal?

 

 

Juntas, Rose Quartz e Serenity demonstram um equilíbrio inerente entre um rosa quente acolhedor e um azul mais suave, refletindo conexão e bem-estar, além de uma suave sensação de ordem e paz — afirmou a Pantone. Confira nesta dica do Portal WebReforma como essas cores misturadas com outros tons podem harmonizar perfeitamente sua decoração.

 

 

As “cores do ano” são super versáteis para inserir na decoração. Por serem tonalidades suaves, podem ser combinadas tanto com tons mais quentes ou frios. Por exemplo: com o cinza dá um ar de modernidade, mas se for misturada com o laranja ou amarelo cria-se uma combinação alegre com um toque de irreverência. Com o branco fica uma proposta clean e minimalista, já com o preto e tons mais escuros obtém-se um ambiente refinado e elegante. Acrescentar essas cores em pequenos pontos é uma boa opção para quem tem algum receio de como usá-las para decorar. Um detalhe na parede ou apenas uma superfície pintada com essas tonalidades, objetos, móveis ou pontos específicos, como portas e degraus, são maneiras criativas de aplicá-las em sua residência.

   

   

 

A seleção da Cor do Ano requer cuidadosa escolha e análise de tendências. Para chegar à cor que será a seleção de cada ano, especialistas em cores do Pantone Color Institute buscam pelo mundo todo indícios que confirmem as novas influências de cor. Isso pode incluir muitas fontes inusitadas, como a indústria do entretenimento e os filmes em produção, coleções de arte que viajam para exibições e novos artistas, a moda, todas as áreas do design, destinos famosos de viagens, bem como novos estilos de vida, novos ‘playstyles’ e novas condições socioeconômicas. Influências também podem resultar de tecnologias novas, de novos materiais, texturas e efeitos que darão impacto na cor, plataformas de mídia social relevantes e até mesmo eventos esportivos que estão por vir e que capturam a atenção mundial.

 

      

      

 

Por 16 anos, a Cor do ano de Pantone tem influenciado o desenvolvimento de produtos e muitas decisões de compra em várias indústrias, incluindo moda, artigos de decoração e design industrial, bem como a embalagem de produtos e o design gráfico.

E vocês o que acharam desses tons nos ambientes? Essa foi mais uma dica do Portal WebReforma para quem é antenado nas tendências de decoração.

 

      

      

Fotos: Reprodução

 

Acesse nosso Portal e encontre profissionais que podem ajudá-los em pequenas ou grandes reformas e até mesmo na edificação da sua casa ou empreendimento. São pintores, empreiteiras, arquitetos, engenheiros, entre outros.

Novos usos para os contêiners

Modular inteligente, resistente e extremamente ecológica, a arquitetura em contêiner é a melhor expressão para o termo custo x benefício

Para muitas pessoas um contêiner não passa apenas de uma caixa de aço para transporte de cargas ou de um banheiro portátil usado em grandes eventos. Já para alguns arquitetos e pessoas mais ousadas, o seu uso pode ir muito além. Com um apelo sustentável e preços atraentes, os contêineres podem ser transformados em habitação. Empresas, lojas e escritórios também têm investido na utilização do produto.

Modernos e sustentáveis

Modular inteligente, resistente e extremamente ecológica, a arquitetura em contêiner é a melhor expressão para o termo custo x benefício. Construções com contêineres duram mais de 15 anos, exigindo menos mão-de-obra e trabalhos na fundação do que outros tipos de edificações. Outro ponto a seu favor é a agilidade na construção. Dependendo do projeto, leva-se entre 45 a 90 dias para ficar pronta.

No Brasil, aproveitar contêineres para a construção de casas ainda não é muito comum, no entanto a procura pelo material vem crescendo muito. O preço do container muda de acordo com seu tamanho e condições técnicas, variando entre R$ 6 mil a R$ 10 mil.

Cuidados

Todos os contêineres são fabricados obedecendo uma padronização. Feitos de estruturas de aço extremanente fortes, porém leves, já confeccionados para um perfeito encaixe, os contêineres podem ser facilmente realocados já montados, e, ainda, combinados com estruturas mais largas, simplificando o design, transporte e planejamento. Eles suportam até 12 unidades empilhadas, quando vazios.

Podem ser utilizadas nos contêineres tintas à base d´água, painéis solares, teto verde, entre outras aplicações de uma construção sustentável. Vale destacar que é necessário forrá-los com um isolante térmico. Hoje, no mercado de isolamentos, existem aqueles que não agridem a natureza e são feitos com materiais recicláveis, como o caso o Isosoft, feito de garrafa PET.

A reforma de um contêiner consiste, num âmbito geral, em fazer as adaptações de cortes de janelas e portas, instalações de molduras e travamentos internos para revestimento, pintura e esperas hidráulicas. Dentro desse processo, priorizando a qualidade do acabamento com mão-de-obra especializada e evitando possíveis contaminações futuras da chapa.

Assista esse Minuto WebReforma que preparamos para vocês com um super exemplo:

Como o uso de contêineres ainda não é amplamente utilizado nas estruturas residenciais, a obtenção de licenças para construção pode enfrentar problemas em algumas regiões.

Esta é mais uma dica do portal WebReforma com novidades da arquitetura ligadas à economia e sustentabilidade.

Acesse nosso Portal e encontre empresas e profissionais de Arquitetura, Decoração, Contêiner, Engenharia e muito mais.

Fotos: Reprodução Houzz

Confira algumas construções que fizerem muito bem uso dos contêineres:

100 anos de Vilanova Artigas

João Batista Vilanova Artigas, uma das maiores referências da arquitetura brasileira do século 20, completaria 100 anos em 2015. E dedicamos um Minuto WebReforma à esse importante arquiteto e urbanista.

artigas-abre-927x564

Coincidência ou não, as três construções de Vilanova Artigas em Curitiba, sua cidade natal, estão relacionadas de alguma forma com a Medicina. Em julho de 1945, Artigas foi contratado para projetar e construir o edifício que abriga o Hospital São Lucas, no Juvevê. Neste projeto, utilizou de princípios modernistas, com rampas, pilotís (pilares cilíndricos), janelas em fita, terraços e jardins.

Hospital São Lucas - 1945 - VIlanova Artigas

A residência da Rua da Paz, de 1952, foi projetada para o médico João Luiz Bettega, amigo próximo do arquiteto mais premiado internacionalmente. Vinte e cinco anos depois, Artigas projetou a casa Edgard Niclewicz, uma de suas últimas obras. O projeto, de 620 m², foi executado entre 1978 e 1981 para sua sobrinha e o marido, o médico Edgard Nieclevicz. A casa tem grandes estruturas de concreto aparente fora e muita luz dentro, como o edifício da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo, uma das suas obras mais importantes.

fau-usp-vilanova-artigas

Também é dele o projeto do Estádio do Morumbi, na capital paulista. Em 1953, Artigas venceu a concorrência para conceber o “maior estádio privado do mundo”. Sua estrutura aparente de concreto armado (feito com barras de aço) seguiu o conceito do brutalismo – sem ornamentos que a escondessem.

ESTADIO CÍCERO P DE TOLEDO 1

ESTADIO CÍCERO P DE TOLEDO 4

Quer saber mais sobre Artigas?

Então confira o filme Vilanova Artigas: O Arquiteto e a Luz. O documentário lançado neste ano apresenta sua trajetória por meio de lembranças de familiares, amigos, alunos, imagens de arquivo e visitas a algumas de suas mais importantes obras, como o Edifício Louveira, em Higienópolis e a rodoviária de Jaú.

artigas

Ou assista o Minuto WebReforma Especial Vilanova Artigas. Acesse aqui.