Chapisco: fácil, prático e bem decorativo

Parede chapiscada: decorativa e prática.

Existem diversos recursos na construção civil que oferecem segurança e praticidade na hora de construir ou reformar. O chapisco é um dos procedimentos bastante comuns utilizados em muros ou paredes de uma casa, para dar sustentação ao reboco. O efeito também é muito usado para dar destaque em uma determinada superfície, principalmente em jardins, paredes externas ou fachadas.

O chapisco é um tipo de argamassa de aderência. É uma camada de massa preparada com cimento e areia, aplicada para dar aspereza em superfícies formadas por materiais muito lisos e com pouca porosidade, como vigas e pilares de concreto, paredes de tijolos laminados e prensados. Uma vez que as superfícies estejam chapiscadas, estas se tornam ásperas, e adquirem condições de receberem outras argamassas ou, se preferir, permanecer com a aparência tradicional de concreto.


O chapisco é fácil e simples de aplicar

Com espessura entre 3 mm e 5 mm, o chapisco cobre a superfície com uma camada de argamassa fina, que torna a base áspera e aderente. Por ser uma massa de cimento e se bem aplicado, poderá ainda ajudar a garantir que não haja infiltrações na superfície aplicada. Porém, para essa finalidade, outros produtos podem ser utilizados de forma complementar.

    
O efeito é muito usado para dar destaque em uma determinada superfície, principalmente em jardins, paredes externas ou fachadas
Que tal dar um novo efeito decorativo e fazer uma pequena reforma em um canto da casa? O acabamento final do efeito chapiscado fica muito bonito com aplicação de tinta de sua preferência. Se for aplicar este tipo de revestimento em ambientes internos, dê preferência à textura lisa para que a rugosidade obtida seja agradável ao toque.

Essa foi uma dica do portal WebReforma para facilitar sua obra ou reforma e deixar sua casa ainda mais bonita.

Acesse nosso portal e encontre empresas e profissionais de Construção, Reformas, Manutenção e serviços e muito mais.

FOTOS: Reprodução

Esquente sua casa nesse inverno

Confira seis ótimas dicas para manter o lar quentinho sem gastar muito
Depois do calor e temperaturas recordes para o outono nas primeiras semanas de abril, o frio chegou com tudo.
Entram em cena os casacos pesados e as blusas de lã, mas e em casa? Como barrar o frio? Mesmo nas residências com sistema de aquecimento, é importante conservar o calor e manter a conta de luz ou gás em níveis aceitáveis.
Para ajudar nesta tarefa, o Portal WebReforma traz boas dicas para deixar sua casa mais aquecida neste inverno.
1 – Cortinas e blackouts
Invista em cortinas e blackouts grossos. As cortinas para inverno devem ser com tons mais escuro e de tecidos grossos ou pesados para proteger a casa dos ventos ou corrente de ar, evitando assim que o ambiente fique gelado. A cor cinza acaba deixando a casa triste, mas se combinada com tons quentes, como o vermelho ou o alaranjado, deixa a residência alegre e quentinha. A seda é um tecido muito recomendado porque é condutor térmico. O linho também é outra excelente opção, por ser mais encorpado e requintado. Aproveite para renovar suas cortinas!

2 – Tapetes no piso 
Além de decorar o cômodo, os tapetes criam outra camada de isolamento no piso, mantendo os pés mais quentes. A escolha de tapetes para o inverno é ideal para residências que possuem piso frio (cerâmica, porcelanato, mármore). Fora essa proteção que o tapete oferece à sua casa, ele também é um dos objetos de decoração mais antigos e usados, e estão cada vez mais coloridos e diversificados. Gostou desta sugestão? Entre em contato com os fornecedores de tapetes no Portal WebReforma e confira muitas opções.
3 – Acessórios para a casa
Para os sofás, mantas de tricô ou linha, além de darem aquele charme decorativo, aquecem o delicioso momento de assistir televisão com a família. Almofadas com tecidos grossos, lã, tricô ou peles sintéticas também oferecem mais aconchego à sala de estar. Além de tudo isso, o revestimento de paredes com papéis de parede e pisos aquecidos são outras alternativas para trazer conforto térmico para o interior do lar.
      
4 – Lareiras
À lenha, à gás ou elétrica, a lareira deixa os ambientes mais aconchegantes. Hoje em dia existem diversas opções no mercado, como as modernas lareiras portáteis com biocombustível, que além de aquecer, proporcionam um visual bonito ao ambiente. À gás ou natural, qual lareira combina melhor com o seu ambiente? Encontre a sua lareira com os profissionais cadastrados no Portal.

5 – Aquecedores e umidificadores de ar
Para fugir do frio, invista em aquecedores portáteis. A praticidade de transportá-lo junto com você, no entanto, não é o seu único benefício. A manutenção do aquecedor portátil também é um importante ponto a favor: só é preciso conservá-lo sempre limpo, utilizando apenas um pano úmido, mesmo que não esteja em uso. Outra vantagem de ter um aquecedor portátil elétrico é que você não terá custo com a instalação. Basta ligá-lo em uma tomada com a voltagem indicada no aparelho e usufruir dos benefícios de estar em um local aquecido. Como os aquecedores deixam o ar mais seco, os umidificadores de ar são fundamentais para a saúde de sua família. Eles têm como função essencial deixar o ambiente com a umidade relativa adequada para a respiração.
      
6 – Vedação
Por último, a sugestão é colocar fitas adesivas em portas e janelas. Com o tempo a vedação de portas e janelas fica comprometida e, com isso, o escape de calor e a entrada de frio é mais frequente. Uma boa solução, encontrada em lojas de produtos para casa e construção, são as fitas auto adesivas “veda frestas”. Colocá-las na esquadria vai resultar em casa mais quente e menos barulhenta.
  
Fotos: Reprodução
Gostou dessa dica? Acesse o Portal WebReforma e encontre empresas e profissionais que podem auxiliar você nesta tarefa. São tapeceiros, especialistas em lareiras, cortinas, aquecedores, entre outros.

Quando o gesso se torna uma obra de arte

Leve, de fácil reparo e funcional, o produto é ideal para quem busca praticidade e beleza na hora de construir ou reformar

 

Para quem busca praticidade e beleza na hora de fazer o acabamento, montar divisórias ou abrigar a iluminação, o gesso é o material perfeito.

 

 

Versátil, produz resultados surpreendentes em salas de jantar ou estar, quartos e banheiros/lavabos. As aplicações mais comuns na construção são em molduras, painéis decorativos, forros – com ou sem cortineiros -, sancas e divisórias. Atualmente são encontrados em diversos formatos e modelos, podendo se adequar em projetos personalizados.

 

      

 

O gesso é um aglomerante produzido a partir do minério gipsita, composto basicamente de sulfato de cálcio di-hidratado. É muito utilizado por sua fácil aderência, resistência e maleabilidade. E as suas vantagens vão além disso. O material possui ainda características como isolamento térmico e acústico.

 

      

 

Existem vários tipos de gesso. O chamado de revestimento tem fixação mais lenta, 40 minutos, o que permite maior manuseio. É ideal para revestir, rebocar e dar acabamento às paredes. O gesso projeção tem a mesma função, no entanto é aplicado com ajuda de máquina e tem tempo de secagem de uma hora e meia. Já o gesso fundição tem secagem de cinco minutos e é utilizado na fabricação de blocos, placas, sancas. Há também o acartonado, ou drywall, utilizado em divisórias e forros.

 

   

 

O modelo mais utilizado na decoração de interiores são os forros retos com acabamento tabicado, onde pode embutir luminárias e spots deiluminação. Um cuidado que se deve tomar na hora de instalar a sanca é ver se o ambiente é compatível com a utilização de forros, pois como ela possui uma espessura mínima acaba afetando no pé direito no espaço. Nesses casos, vale a pena destacar apenas uma parte do ambiente, como uma mesa de jantar ou bancada, e não revestir ele por inteiro no espaço.

 

   

 

Como limitações, o gesso não costuma ser aplicado em áreas externas e não possui muita resistência quanto a temperaturas úmidas, por isso seu uso é maior em ambientes internos. No momento da instalação, exige cuidados como pontos de fixação, redes elétricas e pontos de luminária.

 

O produto sempre deve ser instalado por um profissional ou empresa especializada. A qualidade do gesso não está somente em sua composição, o serviço de aplicação do material é determinante para a certificação do bom resultado. Além disso, procure contratar um profissional qualificado de pintura, para que o gesso tenha um acabamento aprimorado.

 


Fotos: Reprodução

 

Essa foi mais uma dica do Portal WebReforma para quem busca praticidade e modernidade na hora de construir ou reformar.

 

Acesse nosso portal e encontre profissionais e serviços recomendados. São gesseiros, pedreiros, pintores, arquitetos, designers de interiores, entre outros.