Calhas para toda obra

Calhas: Confira nesta dica do Portal WebReforma quais os seus tipos e os cuidados com a sua instalação e manutenção 

 

Os dias de chuva não serão mais motivo de preocupação se você tiver calhas em sua casa, peças moldadas que conduzem a água que cai dos telhados para onde se desejar. Esse dispositivo protege sua residência ou empresa de sérios danos provocados pela água.

Não apenas de eventuais alagamentos causados por fortes chuvas, mas principalmente prevenindo as fundações de rachaduras e corrosões. Você sabia que muitos dos danos estruturais de casas e prédios são resultado direto da ação da água e da ausência de calhas?

 

 

 

A escolha adequada da calha vai depender do tamanho do telhado e da inclinação das telhas. Por isso, é importante contar com apoio de um profissional para tomar essa decisão. Além do produto feito de PVC, existem as calhas de alumínio e as galvanizadas, que garantem mais sofisticação ao ambiente, por terem melhor acabamento. Considere também adquirir rufos, uma vez que esses produtos, instalados entre o telhado e o muro, evitam infiltrações para dentro de casa.

Existem vários modelos e tipos de calhas, cada um tem uma função específica e elas devem sempre ser escolhidas segundo o local de instalação. O comprimento e as descidas de águas também são fundamentais na hora de instala-la. Se o cálculo for mal feito, a calha transbordará perdendo a função para a qual ela foi colocada no telhado.

Existem três tipos de calhas mais utilizadas: calha moldura para beiral, calha americana para beiral e calha quadrada para encontro com parede. Entre estas três calhas é importante notar que a calha que se destina a telhados próximos a paredes possui uma fixação extra. Isso é muito bom para manter a calha o mais firme possível, o que resulta em menos gastos com manutenção e também que a área estará completamente isolada da chuva.

Para situações em que o telhado esteja um pouco acima do muro ou que a parte que se aproxima da parede não é seu beiral, poderá ser usado uma destas três calhas: calha platibanda, rufo interno ou rufo externo. Esses modelos são muito importantes, principalmente os rufos, pois evitarão infiltração em áreas de difícil acesso, que normalmente acabam sendo onerosas ao serem solucionadas.

 

 

As calhas ainda são ótimos captadores de águas pluviais. Uma captação eficiente das águas da chuva poderá favorecer o seu armazenamento em cisternas para sua reutilização – como água de serviço. Ou, dependendo do tratamento que a água sofrer após a sua coleta, até mesmo para banho.

Lembre-se de manter sempre limpos os rufos e calhas para que o fluxo da água seja sempre contínuo. Faça isso a cada três meses, em média. O melhor momento para inspecionar sua calha é durante uma chuva forte. Verifique como está o fluxo de água nos dutos: se ela não estiver sendo corretamente drenada, a calha pode estar parcialmente obstruída por detritos ou a calha tem problemas estruturais. Verifique também a existência de goteiras na casa ou forro. Converse sempre com um profissional especializado, para que tenha uma maior segurança.

 

   

Fotos: Reprodução

 

Essa foi mais uma dica do Portal WebReforma para quem está construindo ou reformando sua casa ou empreendimento.

 

Acesse nosso Portal e encontre profissionais qualificados para realizar qualquer serviço ligado à construção civil. São pedreiros, pintores, encanadores, empresas especializadas em calhas, entre outros.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s