Decoração vegetal para quem tem pouco espaço

Esse tipo de vegetação é uma ótima opção para cultivar em residências, por serem simples de cuidar e resistentes

Veja mais dicas de decoração no nosso portal – CLIQUE AQUI

As suculentas e cactos estão cada vez mais frequentes nos projetos de paisagismo.

Bonitas e fáceis de cuidar (mesmo para quem não tem nenhuma experiência com plantas), as espécies desta família são ótimas opções para cultivar em casa. Elas enfeitam, humanizam o espaço e não dão trabalho nenhum!

  

 

Esse tipo de planta acumula água em um ou mais de um dos seus tecidos. Elas apresentam folhas, troncos ou o caule “gordinhos”, cheios de água. Por serem de regiões secas, precisam de uma reserva para os longos períodos de estiagem.

Esse tipo de vegetação apresenta uma grande variedade de espécies (são mais de 22 mil)!! São formas, cores, espécies de todos os jeitos, por isso, a versatilidade em utilizar essas plantas nos mais variados ambientes e projetos paisagísticos, que vão desde jardins internos ou externos, canteiros, para dar acabamento, jardins verticais, embaixo de escadas, em guirlandas, quadros verdes, entre outros.

 

 

Considerando que as suculentas são utilizadas como ornamentais, seja em vasos ou canteiros, e por conta das características de armazenarem água por mais tempo, as regas devem ser cuidadosas: uma vez por semana no verão, de maneira abundante, e uma vez a cada quinze dias no inverno.

Não use pulverizadores para não formar um ambiente úmido em torno das plantas. Essa é só uma sugestão – você descobre a medida – se perceber que suas plantas estão murchando, aumente gradativamente a quantidade de água, caso as folhas da base começarem a apodrecer, diminua.

Não adube excessivamente seus vasos. O excesso de nitrogênio faz com que as plantas cresçam exageradamente e fiquem muito suculentas. A planta fica estiolada (comprida e magrinha) e com as portas abertas para o aparecimento de doenças.

   

 

Dicas importantes na hora da compra: procurar plantas sem áreas amassadas ou danificadas, se informar sobre a exposição solar; examiná-las para ter certeza que a mesma não esteja contaminada com fungos ou pragas, e isso vale tanto para o corpo da plantas, como suas raízes.

Confira algumas maneiras simples e bonitas de cultivar suculentas em casa:

    

      

      

Fotos: Reprodução

 

Essa foi uma dica do portal WebReforma para quem não tem tempo para cuidar de plantas e quer deixar sua casa verde e bonita.

Acesse nosso portal e encontre profissionais qualificados. São jardineiros, paisagistas, designers de interiores, arquitetos e muito mais.

Neon – Show!!!

Diretamente das fachadas de bares para dentro de casa, esse vidro moldado que transmite luz pode embelezar sua sala, quarto e até a cozinha

 

Você usaria um letreiro neon na sua casa?

Talvez a sua resposta seja não, mas a luz neon pode ser uma aposta certeira para quem procura por acessórios diferentes e modernos para embelezar a sua residência. Além de servir como fonte de iluminação indireta para diversos ambientes, esse vidro moldado que transmite luz também é um acessório decorativo muito bonito e descolado.

Diretamente das fachadas de bares e boates para dentro de casa. Sim, o neon pode fazer parte da sua sala, do quarto e até da cozinha. Mas o que é a luz neon? O neon é um gás nobre presente em pequena quantidade no ar atmosférico, porém muito abundante no Universo, que proporciona um tom arroxeado característico à luz das lâmpadas fluorescentes nas quais o gás é empregado. A substância é obtida tecnicamente pela retificação do ar líquido. Os luminosos em neon, criados no início do século passado, já existiam muito antes dos anos 80, mas foi nessa época que eles ganharam mais força, pois representavam o futurismo dos videogames, equipamentos eletrônicos e tons fluorescentes.

    

Bastante chamativos, o ideal é que eles estejam em locais com uma decoração mais neutra. Para não poluir tanto o espaço, selecione letreiros pequenos. Eles podem ser instalados em qualquer superfície: na própria parede, em chapa galvanizada, ferro ou alumínio. No quarto, por ser um lugar de descanso, escolha uma luz branca ou outra de cor fria. Os letreiros são ótimos itens de decoração para colocar na cabeceira da cama. E não precisa em esconder os fios do neon. Eles fazem parte da decoração também!

   

E a parte mais legal disso tudo é que o neon pode ser customizado.

Então, escolha um desenho, uma palavra ou uma frase que reflita sua personalidade ou a sua história. Peça para o profissional responsável por sua obra idéias para o seu luminoso personalizado. Outra qualidade desta luz maleável é a baixa manutenção e a resistência.

Essa foi uma dica do portal WebReforma para quem procura elementos decorativos diferentes e modernos para sua casa. Inspire-se!!

  

  

    

Fotos: Reprodução

Acesse nosso portal e encontre profissionais recomendados, como pedreiros, eletricistas, maridos de aluguel, engenheiros, designers de interiores e muitos outros.

 

Gerenciador de obra – Conheça esse importante profissional para a sua obra

VALE A PENA CONTRATAR GERENCIAMENTO DA OBRA?

 

Muitas pessoas têm dúvida sobre o que faz uma empresa gerenciadora de obras e se realmente vale a pena contratar este serviço. A verdade é que ter um profissional de sua confiança – arquiteto ou engenheiro – contribui, e muito, para que tudo saia conforme o planejado e dentro do prazo

6 - logoz3Entenda o que faz o gerenciador de obras com essa publicação da Larissa Zarpelon da Z3 Projetos, para o Blog WebReforma:

  • auxilia o cliente na seleção de fornecedores e prestadores de serviços
  • avalia e equaliza propostas e orçamentos: todos os prestadores de serviço devem estar orçando exatamente a mesma coisa
  • assessora o cliente na compra, negociação e contratação de serviços e produtos
  • compra materiais e produtos em nome do cliente, quando necessário. A obra não fica parada por falta de materiais
  • organiza e otimiza as equipes de trabalho e prestação de serviços, para evitar tempos mortos na obra
  • elabora cronograma de pagamentos de materiais e fornecedores
  • organiza as datas de entrega e montagem, para que todos os serviços sejam executados na ordem correta 
  • otimiza as equipes, juntando na obra profissionais que podem trabalhar ao mesmo tempo, sem prejuízo de um ou de outro serviço

3 - Ferramentas saindo do PC - encontre aqui

Além disso, é o gerenciador da obra quem trata diretamente com o empreiteiro e outros prestadores de serviço (eletricista, pedreiro, encanador, gesseiro, marmorista, marceneiro, etc.). Ele deve acompanhar regularmente os todos os envolvidos na obra para que prazos sejam cumpridos, serviços sejam bem executados, garantindo a qualidade do serviço final.  Ou seja: o cliente tem um referencial único para todos os assuntos da obra – sem precisar se preocupar se tal ou tal fornecedor está cumprindo o combinado.

O valor gasto com um engenheiro ou arquiteto é, sem dúvida, revertido em benefícios para o cliente, inclusive financeiros, enquanto evita desperdícios na obra, minimiza retrabalhos e contribui para diminuir o tempo total da obra. O resultado final é visivelmente melhor!

Contrate profissionais para suas obras e encontre os qualificados no Portal WebReforma.

4 - Somente cintura - cuida da sua casa

Água: o inimigo do celular

Umidade x Smartphones

Você sabia que a principal causa de danos em smartphones está ligada à oxidação e não às quedas? Embora muitas pessoas não consigam ficar longe do celular, hábitos como falar embaixo de chuva, levar o aparelho ao banheiro na hora do banho ou à sauna estão entre as práticas fatais para os terminais móveis. É importante que o consumidor tome cuidado para não perder a garantia de fábrica, que não cobre defeitos causados por mau uso do aparelho.

A oxidação ocorre quando a placa de circuito está exposta à umidade por um período de tempo. Deixar o smartphone no banheiro enquanto toma banho parece inofensivo, mas sua repetição, dia após dia, pode levar à oxidar partes internas do aparelho. A cozinha também é um problema devido ao vapor d’água. A praia então é um lugar praticamente proibido para esses aparelhos. Qualquer rachadura, por menor que seja, é o suficiente para que água, maresia ou areia entrem em contato com a parte interna, causando um curto-circuito no celular.

Tem o caso ainda das pessoas que dão o celular na mão de criança e se arrependem. Além do risco de queda, a saliva no celular pode causar o mesmo problema citado sobre infiltração e umidade no aparelho. Portanto, evite dar o smartphone para os pequenos.

Tocar no celular com as mãos molhadas enquanto ele está carregando também é perigoso. O usuário corre risco de tomar um choque. Além disso, a água pode entrar pelos pequenos orifícios do aparelho, ocasionando a oxidação dos componentes internos e, consequentemente, o mau funcionamento do celular.

Atualmente é difícil fazer qualquer coisa adquirida durar bastante, já que várias são feitas justamente para não perdurar muito e serem substituídas por modelos mais atuais. Entretanto, muito da vida útil dos utensílios pode ser poupada tomando-se os devidos cuidados.

Esta é mais um dica do Portal WebReforma para você cuidar bem de seu smartphone.

Acesse nosso Portal e encontre empresas e profissionais de TelefoniaAutomação ResidencialIluminação e muito mais.

Clique aqui

Novos usos para os contêiners

Modular inteligente, resistente e extremamente ecológica, a arquitetura em contêiner é a melhor expressão para o termo custo x benefício

Para muitas pessoas um contêiner não passa apenas de uma caixa de aço para transporte de cargas ou de um banheiro portátil usado em grandes eventos. Já para alguns arquitetos e pessoas mais ousadas, o seu uso pode ir muito além. Com um apelo sustentável e preços atraentes, os contêineres podem ser transformados em habitação. Empresas, lojas e escritórios também têm investido na utilização do produto.

Modernos e sustentáveis

Modular inteligente, resistente e extremamente ecológica, a arquitetura em contêiner é a melhor expressão para o termo custo x benefício. Construções com contêineres duram mais de 15 anos, exigindo menos mão-de-obra e trabalhos na fundação do que outros tipos de edificações. Outro ponto a seu favor é a agilidade na construção. Dependendo do projeto, leva-se entre 45 a 90 dias para ficar pronta.

No Brasil, aproveitar contêineres para a construção de casas ainda não é muito comum, no entanto a procura pelo material vem crescendo muito. O preço do container muda de acordo com seu tamanho e condições técnicas, variando entre R$ 6 mil a R$ 10 mil.

Cuidados

Todos os contêineres são fabricados obedecendo uma padronização. Feitos de estruturas de aço extremanente fortes, porém leves, já confeccionados para um perfeito encaixe, os contêineres podem ser facilmente realocados já montados, e, ainda, combinados com estruturas mais largas, simplificando o design, transporte e planejamento. Eles suportam até 12 unidades empilhadas, quando vazios.

Podem ser utilizadas nos contêineres tintas à base d´água, painéis solares, teto verde, entre outras aplicações de uma construção sustentável. Vale destacar que é necessário forrá-los com um isolante térmico. Hoje, no mercado de isolamentos, existem aqueles que não agridem a natureza e são feitos com materiais recicláveis, como o caso o Isosoft, feito de garrafa PET.

A reforma de um contêiner consiste, num âmbito geral, em fazer as adaptações de cortes de janelas e portas, instalações de molduras e travamentos internos para revestimento, pintura e esperas hidráulicas. Dentro desse processo, priorizando a qualidade do acabamento com mão-de-obra especializada e evitando possíveis contaminações futuras da chapa.

Assista esse Minuto WebReforma que preparamos para vocês com um super exemplo:

Como o uso de contêineres ainda não é amplamente utilizado nas estruturas residenciais, a obtenção de licenças para construção pode enfrentar problemas em algumas regiões.

Esta é mais uma dica do portal WebReforma com novidades da arquitetura ligadas à economia e sustentabilidade.

Acesse nosso Portal e encontre empresas e profissionais de Arquitetura, Decoração, Contêiner, Engenharia e muito mais.

Fotos: Reprodução Houzz

Confira algumas construções que fizerem muito bem uso dos contêineres: