Cuidados com o Vidro Temperado

Sem riscos de acidentes com vidros temperados 

Especialista dá dicas de como cuidar desse produto muito usado em portarias de edifícios ou boxes de banheiros.

Temos vistos relatos frequentes na internet de quebra de vidros do box do banheiro, sem movimentos bruscos ou uso da força. No processo de fabricação, os vidros temperados são submetidos a um calor intenso que pode chegar até a 600°C. Por isso são, em média, sete vezes mais resistentes do que os comuns. Entretanto, segundo os especialistas, esse produto, muito usado em portarias de edifícios, portas de estabelecimentos ou boxes de chuveiros, também tem o seu ponto fraco.  

Mesmo com a baixa incidência de quebra do vidro temperado, é preciso ter alguns cuidados com o produto. O engenheiro Renato Orsolini, da empresa Recrilar estabelecida há 25 anos no mercado, alerta as pessoas a verificarem a qualidade do vidro, que deve ser assegurada e normatizada pela empresa contratada. Ele explica que o vidro não deve sofrer impactos na alvenaria ou em metais, porque a repetição destes impactos na abertura ou fechamento pode levar à quebra dos vidros. O ideal é que o impacto ocorra em superfície mais macia do que o vidro, de preferência em suporte emborrachado. “O mesmo vale para o puxador do box que, se ao abrir, ele bater repetidas vezes na folha fixa do vidro, pode também causar a quebra”, complementa. A alternativa sugerida pelo profissional para manter o box de vidro temperado, com segurança adicional, é a colocação da película antivandalismo ( insulfilm ). “O investimento não é alto e, caso o vidro quebre por algumas das razões mencionadas acima, a película impede que os estilhaços do vidro machuquem as pessoas que estejam próximas ao local”, destaca.  

Um outro ponto de destaque refere-se às roldanas. Quando se tem dificuldade em abrir ou fechar as portas corrediças, é bom ficar atento pois com a regularidade do uso inadequado ( portas pesadas, difíceis de correr – indica que as roldanas estão gastas ou quebradas) também poderá ocorrer quebra acidental.

Outra dica importante da WebReforma é não deixar crianças desacompanhadas utilizarem o box. 

Deixe sua obra na mão de especialistas! Contrate um profissional qualificado em nosso Portal. 

Aqui você encontra a Recrilar no WebReforma 

Acessibilidade

Ambientes adaptados são fundamentais para quem utiliza cadeira de rodas

A acessibilidade é um fator importante nos projetos residenciais.  E especial, quando os habitantes são pessoas que usam cadeira de rodas, as casas devem ser adaptadas. Elas devem se locomover e fazer suas atividades diárias com independência e segurança. 

O ideal é que os espaços fiquem o mais livre possível. Para isso, as portas devem ter no mínimo 80 cm de vão, e a largura para a passagem de uma cadeira de roda, em linha reta, é de no mínimo 0,90m.

Em sobrados, substitua as escadas por rampas, plataformas elevatórias ou elevadores. Quando houver pequenos desníveis, prefira as rampas, e para os grandes, utilize elevadores. E não se esqueça de instalar corrimãos em escadas, rampas e varandas, em ambientes internos ou externos.

O banheiro é a área mais importante. Seu dimensionamento mínimo deve prever um giro completo de 360º, ou seja, internamente deve-se projetar um círculo de 1,50m de diâmetro. Barras de apoio devem ser instaladas para uso do chuveiro, vaso sanitário e da pia. Além disso, as portas dos boxes devem ter no mínimo 80 cm de largura, mas, se for possível, não as utilize.

Acesse o Portal WebReforma e encontre profissionais que podem te ajudar a adaptar esse espaço.