Um monte de filhos? Veja aqui alguns exemplos e dicas de quartos compartilhados

Um dos maiores dilemas em casas e apartamentos pequenos é o quarto dos filhos. Não é fácil achar espaço para camas, cômoda, brinquedos, mesinha de estudo, TV, dentre outros itens, ainda mais quando são três.

 

Quando se tem um filho é tranquilo morar em apartamento ou casa com dois quartos. Se vem mais um ainda é possível arrumar o espaço para os dois conviverem juntos no mesmo ambiente. E quando são três irmãos, o que fazer? Organizar um quarto para esse número de filhos não é tarefa fácil, com os apartamentos ficando cada vez menores (e cada vez mais caros) é preciso criatividade e muito reaproveitamento de espaço! Confira nesta dica do Portal WebReforma algumas inspirações para montar um ambiente bonito, moderno e confortável.

 

 

Se você mora em uma casa pequena e tem três filhos que deseja acomodar no mesmo quarto, uma solução é utilizar o treliche. Muitas pessoas preferem utilizar uma cama comum e uma bicama no mesmo quarto, mas o treliche ocupa menos espaço, permitindo colocar outros móveis no quarto. Há diversas opções coloridas ou tradicionais. Há até opções de treliche com espaço para o computador. Esses, economizam ainda mais espaço e deixam o quarto mais moderno.

 

 

Colocar três crianças dentro de um quarto parece desconfortável para as crianças e pais, mas é eficiente quando necessário. Enquanto algumas delas morrem para ter seu próprio espaço, outras se adaptam facilmente a dividir o quarto com seus irmãos. Criar espaço para três filhos em um quarto, temporariamente ou não, requer algumas considerações especiais por parte dos pais.

Vamos a algumas recomendações!

Conceda o maior quarto da casa às crianças. Três filhos merecem mais espaço que duas pessoas, independentemente do tamanho ou idade, não é mesmo?! Além disso, adultos passam pouco tempo no quarto, mas crianças passam boa parte do dia lá dentro, brincando, lendo e dormindo.

 

 

Crie para cada filho seu espaço particular no quarto. Para quartos bem grandes, repartições são excelentes opções, com uso de cortinas ou biombos para que cada criança tenha seu espaço para se trocar, arrumar pra escola ou guardar itens pessoais. Permita que cada uma decore seu espaço no quarto para evitar que ela se sinta presa ao estilo das outras.

 

   

 

Ofereça a opção de cada um adicionar itens pessoais ao quarto, fazendo com que ela mantenha um sentido de individualidade ao invés de conformidade com a demais. Divida o espaço no armário igualmente para cada filho, isso evita brigas e permite que mantenham seus itens pessoais organizados e separados dos demais. Faça uso de baús, prateleiras e armários ao redor do quarto para dar mais espaço extra para as crianças guardarem suas coisas.

 

   

 

Precisa de profissionais para montar o quarto das crianças? Acesse o Portal WebReforma e encontre marceneiros, arquitetos, móveis planejados, designers de interiores e muito mais.

 

Fotos: Reprodução

 

A Styllo Designer Marcenaria e Laqueação atende em todo território nacional!! Acesse o link abaixo e peça seu orçamento.

 

Conselhos para viver bem com seus pets e vizinhos

Em geral não há proibição de se ter pets em condominios, desde que eles não tirem o sossego, segurança e salubridade de todos.

Conheça algumas dicas e conselhos para quem tem cachorros e gatos em casa e viver em harmonia com os seus vizinhos.

Segue algumas recomendações:

– Procure conhecer a convenção interna do condominio

– Mantenha seu animal de estimação dentro da sua unidade

– Cachorros devem sempre andar com coleiras e guias nas áreas comuns

– Se forem de raças reconhecidamente com potencial violento, use focinheiras

– Procure evitar ter animais grandes e/ou muito barulhentos

– O dono do animal deve manter sempre a vacinação do pet em dia e a carteirinha a disposição do síndico

– Jardins, playgrounds e garagem não são lugares de passeio para o seu animal

– Se for viajar ou ficar ausente por muito tempo não deixe seu animal sozinho

– Antes de registrar queixa de um animal muito barulhento, verifique se mais vizinhos também tem reclamações

E acima de tudo o que vale é o bom senso.

Se você for o dono do pet, imagine o que não gostaria que o animal do seu vizinho fizesse para você ou para sua casa.

Se você é o vizinho que se sente prejudicado, tente conversar, consulte o síndico, antes de uma ação mais dura.

Lembre-se que são vizinhos e que sempre se encontrarão, então o melhor é manter uma relação pacífica e de respeito.

 

Fonte: Secovi – O Sindicato da Habitação e Portal WebReforma

 

Navegue pelo Portal WebReforma e encontre o profissional certo para sua obra ou reforma, além de muitas dicas para seu lar

 

Como impermeabilizar vasos de barro/cerâmica

Estava aqui sofrendo com os meus vasos de cerâmica, regava as plantas e não conseguia seguir uma rotina legal de rega, porque no outro dia lá estava a terra seca. Já me sentia a péssima jardineira rs. Sim, essa absorvição rápida é algo normal e comum nos utensílios de barro/cerâmica.Vi então uma dica de impermeabilizar…

via Como impermeabilizar vasos de barro/cerâmica — A Casa que a minha Vó queria

Cuidados ao usar ferramentas elétricas

O site AcheFerramentas indica 5 atitudes que devemos ter ao usar ferramentas elétricas

Elas facilitam muito a nossa vida no dia a dia, mas se não manuseadas corretamente, podem causar desastres e danos sérios à sua saúde. Siga as nossas dicas!

1 – Equipamentos de Proteção Individual (EPI): A utilização dos EPIs é essencial para um trabalho seguro, pois esses produtos são desenvolvidos especialmente para evitar acidentes mesmo em trabalhos não profissionais.

2 – Leia o manual de instruções: Parece até óbvio demais, mas tem muita gente que escolhe se aventurar e manusear uma ferramenta perigosa sem ler o manual. Os manuais contêm informações essenciais para o bom uso, procedimentos e conservação do produto.

3 – Nunca puxe a ferramenta pelo cabo: Todo mundo sabe que ferramentas elétricas não custam pouco. Pendurar uma ferramenta ou pegá-la pelo cabo pode causar descascamento dos fios e futuros acidentes elétricos!

4 – Escolha a ferramenta elétrica adequada: Furadeiras resolvem muitos dos pequenos problemas domésticos, mas se precisar fazer um trabalho mais específico, não hesite em usar uma ferramenta desenvolvida especialmente para tal tarefa.

5 – Evite o uso de roupas folgadas: Jamais use acessórios como, colares e pulseiras ou roupas folgadas, pois estas podem se enroscar em alguma ferramenta e causar graves acidentes.

 

Conheça mais do Ecommerce AcheFerramentas clicando aqui

Quarto Montessoriano: Espaço para dormir, brincar e aprender

Confira nesta dica do Portal WebReforma como montar um ambiente perfeito dentro deste conceito que é mais do que uma decoração diferente pois traz elementos específicos para promover o desenvolvimento, a liberdade e a autonomia dos pequenos.

 

Você já ouviu falar sobre o conceito Montessori? Ele foi criado por Maria Montessori, uma médica e educadora italiana no século XX, e nunca esteve tão atual. A proposta desse método é estimular a criatividade e a autonomia das crianças, para que se expressem e aprendam por meio da liberdade. Segundo a linha, os ambientes devem ser adaptados para os pequenos da maneira como eles enxergam o mundo – e tudo isso pode ser também aplicado na hora de montar o quartinho deles.

 

 

A proposta é fazer um quarto pensando no bebê e não nos adultos da casa. A criança tem que ficar livre, mas em um ambiente seguro. Ao invés de camas altas, colchões no chão oferecem maior autonomia para as crianças – que podem deitar e levantar quando quiserem.

 

 

Os brinquedos devem ficar sempre à mão, em uma altura que a criança consiga pegar com facilidade. Em relação aos armários no ambiente montessoriano, tudo é muito organizado, então pode-se usar poucas coisas para organizar o quarto e deixar mais espaço para os pequenos curtirem livremente. Aliás, o quarto precisa de um espaço livre para que possa brincar a aprender.

 

   

 

Outra sugestão é colocar um espelho, bem fixo na parede, baixo, para que a criança possa se ver. O espelho é um elemento importante para reconhecimento facial, dos movimentos. É descobrimento puro para a criança. A dica é não ficar perto da cama, para que a criança não se estimulena hora de dormir. Além de tudo isso, barras na parede, para que ela possa começar a andar sozinha, sem ajuda dos pais.

 

   

 

A ideia principal é que os filhos explorem seu dormitório, para que cresçam livres e autoconfiantes. Além da criatividade, o quarto sai mais barato! Como tudo é minimalista, os objetos não são caros, em geral, com simples prateleiras e opções de brinquedos artesanais. Um encanto para os bebês!

 

      

      

Fotos: Reprodução

 

Gostou? Para te ajudar a criar este ambiente na sua casa, o Portal WebReforma reune profissionais e empresas qualificados. São marceneiros, arquitetos, designers de interiores, personal organizers, entre outros.

Chapisco: fácil, prático e bem decorativo

Parede chapiscada: decorativa e prática.

Existem diversos recursos na construção civil que oferecem segurança e praticidade na hora de construir ou reformar. O chapisco é um dos procedimentos bastante comuns utilizados em muros ou paredes de uma casa, para dar sustentação ao reboco. O efeito também é muito usado para dar destaque em uma determinada superfície, principalmente em jardins, paredes externas ou fachadas.

O chapisco é um tipo de argamassa de aderência. É uma camada de massa preparada com cimento e areia, aplicada para dar aspereza em superfícies formadas por materiais muito lisos e com pouca porosidade, como vigas e pilares de concreto, paredes de tijolos laminados e prensados. Uma vez que as superfícies estejam chapiscadas, estas se tornam ásperas, e adquirem condições de receberem outras argamassas ou, se preferir, permanecer com a aparência tradicional de concreto.


O chapisco é fácil e simples de aplicar

Com espessura entre 3 mm e 5 mm, o chapisco cobre a superfície com uma camada de argamassa fina, que torna a base áspera e aderente. Por ser uma massa de cimento e se bem aplicado, poderá ainda ajudar a garantir que não haja infiltrações na superfície aplicada. Porém, para essa finalidade, outros produtos podem ser utilizados de forma complementar.

    
O efeito é muito usado para dar destaque em uma determinada superfície, principalmente em jardins, paredes externas ou fachadas
Que tal dar um novo efeito decorativo e fazer uma pequena reforma em um canto da casa? O acabamento final do efeito chapiscado fica muito bonito com aplicação de tinta de sua preferência. Se for aplicar este tipo de revestimento em ambientes internos, dê preferência à textura lisa para que a rugosidade obtida seja agradável ao toque.

Essa foi uma dica do portal WebReforma para facilitar sua obra ou reforma e deixar sua casa ainda mais bonita.

Acesse nosso portal e encontre empresas e profissionais de Construção, Reformas, Manutenção e serviços e muito mais.

FOTOS: Reprodução

Esquente sua casa nesse inverno

Confira seis ótimas dicas para manter o lar quentinho sem gastar muito
Depois do calor e temperaturas recordes para o outono nas primeiras semanas de abril, o frio chegou com tudo.
Entram em cena os casacos pesados e as blusas de lã, mas e em casa? Como barrar o frio? Mesmo nas residências com sistema de aquecimento, é importante conservar o calor e manter a conta de luz ou gás em níveis aceitáveis.
Para ajudar nesta tarefa, o Portal WebReforma traz boas dicas para deixar sua casa mais aquecida neste inverno.
1 – Cortinas e blackouts
Invista em cortinas e blackouts grossos. As cortinas para inverno devem ser com tons mais escuro e de tecidos grossos ou pesados para proteger a casa dos ventos ou corrente de ar, evitando assim que o ambiente fique gelado. A cor cinza acaba deixando a casa triste, mas se combinada com tons quentes, como o vermelho ou o alaranjado, deixa a residência alegre e quentinha. A seda é um tecido muito recomendado porque é condutor térmico. O linho também é outra excelente opção, por ser mais encorpado e requintado. Aproveite para renovar suas cortinas!

2 – Tapetes no piso 
Além de decorar o cômodo, os tapetes criam outra camada de isolamento no piso, mantendo os pés mais quentes. A escolha de tapetes para o inverno é ideal para residências que possuem piso frio (cerâmica, porcelanato, mármore). Fora essa proteção que o tapete oferece à sua casa, ele também é um dos objetos de decoração mais antigos e usados, e estão cada vez mais coloridos e diversificados. Gostou desta sugestão? Entre em contato com os fornecedores de tapetes no Portal WebReforma e confira muitas opções.
3 – Acessórios para a casa
Para os sofás, mantas de tricô ou linha, além de darem aquele charme decorativo, aquecem o delicioso momento de assistir televisão com a família. Almofadas com tecidos grossos, lã, tricô ou peles sintéticas também oferecem mais aconchego à sala de estar. Além de tudo isso, o revestimento de paredes com papéis de parede e pisos aquecidos são outras alternativas para trazer conforto térmico para o interior do lar.
      
4 – Lareiras
À lenha, à gás ou elétrica, a lareira deixa os ambientes mais aconchegantes. Hoje em dia existem diversas opções no mercado, como as modernas lareiras portáteis com biocombustível, que além de aquecer, proporcionam um visual bonito ao ambiente. À gás ou natural, qual lareira combina melhor com o seu ambiente? Encontre a sua lareira com os profissionais cadastrados no Portal.

5 – Aquecedores e umidificadores de ar
Para fugir do frio, invista em aquecedores portáteis. A praticidade de transportá-lo junto com você, no entanto, não é o seu único benefício. A manutenção do aquecedor portátil também é um importante ponto a favor: só é preciso conservá-lo sempre limpo, utilizando apenas um pano úmido, mesmo que não esteja em uso. Outra vantagem de ter um aquecedor portátil elétrico é que você não terá custo com a instalação. Basta ligá-lo em uma tomada com a voltagem indicada no aparelho e usufruir dos benefícios de estar em um local aquecido. Como os aquecedores deixam o ar mais seco, os umidificadores de ar são fundamentais para a saúde de sua família. Eles têm como função essencial deixar o ambiente com a umidade relativa adequada para a respiração.
      
6 – Vedação
Por último, a sugestão é colocar fitas adesivas em portas e janelas. Com o tempo a vedação de portas e janelas fica comprometida e, com isso, o escape de calor e a entrada de frio é mais frequente. Uma boa solução, encontrada em lojas de produtos para casa e construção, são as fitas auto adesivas “veda frestas”. Colocá-las na esquadria vai resultar em casa mais quente e menos barulhenta.
  
Fotos: Reprodução
Gostou dessa dica? Acesse o Portal WebReforma e encontre empresas e profissionais que podem auxiliar você nesta tarefa. São tapeceiros, especialistas em lareiras, cortinas, aquecedores, entre outros.

Quando o gesso se torna uma obra de arte

Leve, de fácil reparo e funcional, o produto é ideal para quem busca praticidade e beleza na hora de construir ou reformar

 

Para quem busca praticidade e beleza na hora de fazer o acabamento, montar divisórias ou abrigar a iluminação, o gesso é o material perfeito.

 

 

Versátil, produz resultados surpreendentes em salas de jantar ou estar, quartos e banheiros/lavabos. As aplicações mais comuns na construção são em molduras, painéis decorativos, forros – com ou sem cortineiros -, sancas e divisórias. Atualmente são encontrados em diversos formatos e modelos, podendo se adequar em projetos personalizados.

 

      

 

O gesso é um aglomerante produzido a partir do minério gipsita, composto basicamente de sulfato de cálcio di-hidratado. É muito utilizado por sua fácil aderência, resistência e maleabilidade. E as suas vantagens vão além disso. O material possui ainda características como isolamento térmico e acústico.

 

      

 

Existem vários tipos de gesso. O chamado de revestimento tem fixação mais lenta, 40 minutos, o que permite maior manuseio. É ideal para revestir, rebocar e dar acabamento às paredes. O gesso projeção tem a mesma função, no entanto é aplicado com ajuda de máquina e tem tempo de secagem de uma hora e meia. Já o gesso fundição tem secagem de cinco minutos e é utilizado na fabricação de blocos, placas, sancas. Há também o acartonado, ou drywall, utilizado em divisórias e forros.

 

   

 

O modelo mais utilizado na decoração de interiores são os forros retos com acabamento tabicado, onde pode embutir luminárias e spots deiluminação. Um cuidado que se deve tomar na hora de instalar a sanca é ver se o ambiente é compatível com a utilização de forros, pois como ela possui uma espessura mínima acaba afetando no pé direito no espaço. Nesses casos, vale a pena destacar apenas uma parte do ambiente, como uma mesa de jantar ou bancada, e não revestir ele por inteiro no espaço.

 

   

 

Como limitações, o gesso não costuma ser aplicado em áreas externas e não possui muita resistência quanto a temperaturas úmidas, por isso seu uso é maior em ambientes internos. No momento da instalação, exige cuidados como pontos de fixação, redes elétricas e pontos de luminária.

 

O produto sempre deve ser instalado por um profissional ou empresa especializada. A qualidade do gesso não está somente em sua composição, o serviço de aplicação do material é determinante para a certificação do bom resultado. Além disso, procure contratar um profissional qualificado de pintura, para que o gesso tenha um acabamento aprimorado.

 


Fotos: Reprodução

 

Essa foi mais uma dica do Portal WebReforma para quem busca praticidade e modernidade na hora de construir ou reformar.

 

Acesse nosso portal e encontre profissionais e serviços recomendados. São gesseiros, pedreiros, pintores, arquitetos, designers de interiores, entre outros.